'Botão da destruição' no Android seria uma ótima ferramenta contra perdas e roubos - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

7 de junho de 2016

'Botão da destruição' no Android seria uma ótima ferramenta contra perdas e roubos


Após o 'Muro da Vergonha', ideia que a Google estaria tendo para forçar as empresas que adotam o seu sistema a disponibilizar mais rápido as atualizações, parece que a empresa vem tendo outra ideia bem interessante, dessa vez para ajudar as pessoas que tiveram seu smartphone roubado ou simplesmente perderam o seu aparelho em algum lugar.

Deixando o seu aparelho inutilizável, segundo alguns usuários notaram no código do Android Open Source Project, a Google pretende adicionar uma função que vai "brickar" o seu aparelho, fazendo com que pessoas mal intencionadas não tivessem acesso a suas informações pessoais.

O problema fica por conta de que as fabricantes teriam a opção de retirar essa função, o que prejudicaria e dificultaria à quem deseja ter acesso a essa ferramenta.

A ideia de um "botão da destruição" vem sendo muito discutida nos últimos anos. Vários são os rumores que saíram na imprensa de lojas e senadores que se mostraram favoráveis à medida. Um exemplo foi que, em 2013 o senador norte-americano Mark Leno enviou uma proposta que exigia que todos os smartphones deveriam ter, obrigatoriamente, tecnologias anti-roubo, que deixaria os aparelhos roubados inutilizados, o que, na teoria,  poderia desencorajar novos roubos.

Mais tarde, em 2015, o estado da Califórnia, também nos EUA, outorgou uma lei que obrigava celulares a terem mecanismo de auto-destruição. Na época, inclusive, a rede Walmart se mostrou favorável a cumprir a lei.

Acredito que esse tipo de mecanismo para situações extremas poderia ser muito útil, mas, é claro, deverá ser usado com muita cautela. O usuário não pode perder o celular, procurar por 10 minutos, não achar e logo após isso usar esse botão da destruição. Medidas como essa, devem ser usadas com cuidado e cautela já que, como o próprio nome diz, eles deixam o aparelho completamente inútil.

Fontes: TecmundoTudo Celular e Telemóveis
Fonte da imagem: TrendBlog