3 dicas para não ser enganado na hora de pedir empréstimos online - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

8 de junho de 2016

3 dicas para não ser enganado na hora de pedir empréstimos online

A internet facilitou várias tarefas que fazemos no nosso dia a dia, entre esses deveres, temos a solicitação para empréstimo. Hoje, para pedir um empréstimo basta, na maioria dos casos, entrar no site do seu banco e ele logo está na conta corrente, o que facilita na utilização rápida do valor solicitado.

Mas, caso você costume usar outros sites para solicitar empréstimo, é importante que algumas medidas sejam tomadas para evitar fraudes e problemas. Veja a seguir 4 dicas elaboradas pela Simplic, primeira plataforma de crédito 100% online do Brasil, para não ser enganado.

Verifique se o site é seguro
Assim como em qualquer site em que é realizado algum tipo de transação financeira, é essencial que haja cuidado quanto a segurança do mesmo. Para isso, é importantíssimo que se verifique a presença do "cadeado de segurança" que, geralmente, fica na janela de endereço da página do navegador. Esse "cadeado" é um documento de identidade digital emitido por uma organização confiada dentro do sistema de "identidade" global. Portanto, ele atesta se trata mesmo do banco e não de um site falso.

Pesquise sobre instituição
Além de certificar-se de que o site é legítimo, é importante que o usuário analise a reputação da empresa e a quanto tempo ela está presente no mercado, é imprescindível que isso seja feito antes do fornecimento de dados pessoais. Outra alternativa é avaliar junto ao Banco Central se a empresa possui autorização para operar no país. Procurar em sites como Reclame Aqui e órgãos de defesa do consumidor também é recomendado.

Leia com cuidado o contrato
Algumas instituições cobram menos juros, mas também exigem como garantia bens materiais como carros e imóveis que devem estar quitados para evitar a inadimplência da pessoa que está solicitando. É importante avaliar os termos de condições para ver se vale a pena correr este risco caso não consiga realizar os pagamento em dia

Fonte: Simplic
Fonte da imagem de capa: Slate