3 milhões de iPhone X devem ser disponibilizados no lançamento; estoques não darão conta da demanda - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

20 de outubro de 2017

3 milhões de iPhone X devem ser disponibilizados no lançamento; estoques não darão conta da demanda





Enquanto a expectativa pelo iPhone X só aumenta, uma notícia triste para os fãs mais ansiosos vem junto: segundo um artigo publicado na última quinta-feira pelo analista Ming-Chi Kuo da KGI Securities, entre 2 e 3 milhões de aparelhos devem ser disponibilizados para os consumidores em um primeiro momento. A pré-venda já começa na próxima sexta-feira, dia 27.

A última vez que a Apple anunciou números de pré-venda foi em 2014, quando foram vendidos de 4 milhões de aparelhos em 24 horas. Levando em consideração a demanda altíssima que o iPhone X provavelmente terá devido aos diferenciais apresentados em relação a outros iPhones, esse número pode ser ainda maior, o que deve esgotar os estoques em ainda menos tempo.

Mas, segundo Kuo, que é responsável pela cadeia de abastecimento da Apple na Ásia, diz que os problemas de produção enfrentados pela Apple devem ser sanados em breve. Mesmo assim, a KGI Securities reduziu as previsões de produção do iPhone X de entre 30 a 35 milhões para 25 a 30 milhões.

Afinal, o que vem causando esse atraso na produção? Segundo o analista, a empresa responsável pela placa de circuito de antena não conseguiu fazer parte das especificações exigidas pela Apple, e foi substituída por outra. Outro problema é um módulo de câmera grande angula que está sofrendo com falta de suprimentos para a fabricação. E quanto a outro problema reportado pelo The Wall Street Journal que dizia respeito à falhas de reconhecimento do Face ID, foi resolvido com uma série de aperfeiçoamentos e testes feitos.

Mesmo sofrendo com todos esses problemas, essa demora em fornecer novos iPhones X tem dois pontos que merecem ser destacados: o primeiro pode ser que acabe causando um frisom ainda maior e estimule ainda mais os consumidores a comprar o iPhone X. Um ponto negativo é o de que, demorando tanto tempo assim, uma maior disponibilidade de aparelhos pode coincidir com o lançamento do Samsung Galaxy S9, que deve trazer uma tecnologia parecida com a do Face ID e ainda a possibilidade de desbloquear o smartphone com sensor de digitais em qualquer parte da tela.

Resta saber se o hype do iPhone aumentará com mais essa espera que fãs e admiradores da marca terão que passar. Se tivesse que apostar concluiria que sim, mesmo com o preço elevado de US$1000, a Apple tem tudo para entrar em um superciclo de lançamentos já que a explosão de vendas do iPhone X vai acabar se aproximando bastante do anúncio de novos lançamentos no ano que vem.

Pela primeira vez, ficar dias na fila não será um exagero para quem quiser ter o iPhone X em mãos logo no lançamento. Sem intenção nenhuma a Apple, em um primeiro momento, tornará o smartphone ainda mais exclusivo.

Fonte: Business Insider