Hello, rede social do criador do Orkut, tem que mostrar que não será um novo Google Plus - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

23 de junho de 2016

Hello, rede social do criador do Orkut, tem que mostrar que não será um novo Google Plus


Orkut Büyükkökten, criador da rede social que leva o seu nome, decidiu, junto com a Google, desenvolver mais uma rede social que, pelas publicações feitas na página oficial do Hello, pretende ser o substituto do Orkut com uma cara totalmente nova e com ferramentas que se assemelham muito ao que já vemos no mercado.

Lembro muito bem como o Google Plus tentou, por anos, ser uma alternativa a rede social de Zuckerberg, mas não conseguiu. A Google, inclusive, sempre havia deixado claro que a intenção da empresa era que o Google Plus fosse algo muito maior do que o Orkut já foi. Tentou colocá-lo em destaque no seu buscador, mostrou para os usuário que, a partir do momento que eles criam o Gmail eles já podem usar o Google Plus mas não trouxe resultado: O Google Plus não vingou. Tanto que, o número de pessoas que realmente usam a rede social é um dado pouco comentado.

Acredito que para o Hello dê certo, é importante que a propaganda feita sobre ele seja "humilde". O que eu quero dizer com isso? Simples, o Hello não pode chegar agora no mercado, assim como o Google Plus chegou, já querendo transformar e mudar, por completo, a situação confortável que o Facebook tem na liderança. Primeiro, ele deve se mostrar uma alternativa viável e, sem prepotência, mostrar as suas vantagens sem fazer propagandas desprezando uma rede social que é usada por mais de 1 bilhão de pessoas. Reconhecer que tirar usuários do Facebook em pouco tempo é algo inviável, é essencial para que as pessoas vejam, naturalmente, que o Hello é uma boa rede social.

O que eu achei mais interessante foram algumas funções que a rede social possui. Por exemplo, na criação da sua conta, você responde (ou não, fica ao seu critério), 60 perguntas formuladas cuidadosamente para identificar o seu perfil. Com a identificação feita, ele fica no seu perfil. Há a opção de dar like no perfil, caso os seus gostos agradam a você. Ou seja, o Hello possui algumas coisas novas com um toque de Facebook e uma inspiração clara no Tinder. 

Fico na torcida para que o Hello tenha uma trajetória bem diferente que a do Google Plus. O que resta agora é saber o que os usuários de redes sociais vão escolher.

O Hello será lançado no Brasil em setembro desse ano. Ele estará disponível para Web, Google Play e App Store.