A Microsoft não deveria ter desistido de lançar novos smartphones no Brasil e na Índia - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

27 de maio de 2016

A Microsoft não deveria ter desistido de lançar novos smartphones no Brasil e na Índia

A Microsoft parece ter deixado para revelar todas as bombas para os usuários do Windows Mobile essa semana. Depois de anunciar que lançaria menor smartphones nos próximas semanas devido a mais uma de suas reestruturações, a companhia anunciou, também, que, mesmo depois que voltar a lançar novos modelos eles não chegarão na Índia e muito menos no Brasil.

Segundo a empresa, ela deseja focar apenas em mercados importantes como Reino Unido, França e Alemanha. Além disso, até mesmo esses consumidores podem não receber a nova linha de smartphones já que a Microsoft pretende, segundo a carta, alcançar um público mais corporativo e restrito.

É difícil encontrar palavras para o que a Microsoft está fazendo com a sua divisão mobile. Se antes já estava difícil de conseguir uma fatia maior no mercado de smartphones, imaginem agora com a restrição até mesmo nos países em que ele será lançado? 

A impressão que fica é a de que a empresa está diminuindo o seu mobile até ele se tornar apenas uma divisão de desenvolvimento e aprimoramento do Windows 10 Mobile e que o hardware vai se tornando cada vez algo mais distante.

Então comprou a divisão da Nokia para isso? Para depois de ter gasto vários bilhões de dólares demitir quase todos os funcionários da antiga Nokia e entregar a responsabilidade da fabricação de smartphones com Windows 10 Mobile para as OEMs? Era melhor ter deixado com a Nokia como estava antes.

Vale lembrar que o Brasil é o 6º mercado maior mercado de smartphones em quantidade de vendas, enquanto a Índia fica com o 3º lugar. O que a Microsoft pretende fazer perdendo tantos potenciais usuários abandonando esses importantes mercados?

Com uma desaceleração na venda de smartphones sentida até pela toda poderosa Apple, dificilmente o Windows 10 Mobile vai decolar. As chances dele morrer de vez igual ao BB10, da Blackberry, aumentam a cada dia.

Fonte: TudoCelular