Mesmisse é apelido ZzZzZz: Considerações sobre o iPhone SE e novo iPad PRO - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

21 de março de 2016

Mesmisse é apelido ZzZzZz: Considerações sobre o iPhone SE e novo iPad PRO


Já se tornou costume a Apple não apresentar muitas novidades, e a apresentação de hoje (21) não foi nem um pouco diferente.

Além de TODOS os rumores terem sido confirmados, a empresa não apresentou nada além disso. Um iPhone com tamanho de tela menor? Um iPad menor? Foi para isso que o evento foi feito? Decepcionante.

O "aguardado" iPhone SE
Segundo a Apple, apesar da empresa ter lançado o iPhone 6s e o 6s Plus com telas bem maiores do que as versões anteriores, no geral, muitos consumidores ainda optavam por iPhones de tela menor. E é esse público que a empresa quer agradar.

O iPhone SE segue o que a Sony fazia na linha Xperia. Ele é basicamente uma versão menor do que o iPhone 6s. Ao contrário do que outras empresas fazem, ao invés de reduzir a tela e as configurações a Apple decidiu manter o smartphone poderoso como o seu irmão maior, o iPhone 6s. As configurações são as mesmas.

O processador A9 continua, tendo como única diferença o fato do SE ter 1GB contra os 2GB presentes no 6s. 

A maior novidade fica por conta da tela que funciona como flash para fotos com a câmera frontal. E a câmera dele segue a tendência e captura vídeos em 4K.

Os norte-americanos podem comemorar. O iPhone SE sai quase pela metade do preço do iPhone 6s. Enquanto o SE sairá por US$ 399, o 6s sai por 699. Nós, brasileiros, é claro, não podemos nos animar com essa notícia por dois simples motivos: 

1º Moramos no Brasil (espero que isso seja auto-explicativo)
2º A Apple gosta de manter uma margem bem folgada de lucro, o que deve fazer com que o iPhone SE chegue (eu aposto) por R$2899 (esse motivo está ligado ao primeiro).



iPad (surface) Pro
A grande novidade do novo iPad é a sua versão menor, de 9,7 polegadas. Outro ponto que a Apple quis destacar é, segundo a empresa, ser o tablet com menor reflexo e mais brilho do mercado.

A caneta continua lá e o teclado também. Bom, que a proposta da Apple de lançar um tablet que pode substituir o seu computador se parece, e muito, com a da Microsoft com o Surface, isso não é novidade. A surpresa fica na empresa anunciar que o objetivo do tablet é alcançar os 600 milhões de computadores no mundo que tem mais de 5 anos de idade. Sério?

Uma das grandes sacadas do Surface é o fato dele rodar programas de PC com a mesma capacidade dele. O iPad Pro continua parecendo um tablet (agora não mais uma telha) enorme com uma caneta legal e um teclado divertido.



Considerações finais
Em vários momentos da conferência de hoje foi nítido que a Apple não tinha muito o que falar. As novidades são muito escassas e os rumores foram todos confirmados, o que tirou toda e qualquer surpresa que o evento poderia ter.

Ok, a justificativa que poderia ser usada é a de que "Esse não é o principal evento da Apple, as novidades geralmente são mostradas em setembro", mas pelo histórico da empresa, essa desculpa não cola.

O mais engraçado disso tudo é que a principal surpresa foi o anúncio do Tim Cook, CEO da Apple, de que as conferências não serão mais realizadas naquela mesmo espaço já que a nova sede da Apple terá um espaço especialmente para isso. Ele lembrou que foi ali que a Apple anunciou o iPod, aparelhos que viria, mais tarde a revolucionar o mundo da música.

Espero que a mudança faça muito bem para a empresa. Talvez ela se desapegue um pouco do passado e tente lançar algo realmente novo depois de tanto tempo.

Fontes: TudoCelular e Tecmundo