A forma como a Microsoft trata os fãs do Windows 10 Mobile hoje, impossibilita que o sistema faça sucesso algum dia - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

16 de abril de 2017

A forma como a Microsoft trata os fãs do Windows 10 Mobile hoje, impossibilita que o sistema faça sucesso algum dia


A insatisfação dos usuários e até mesmo dos fãs do Windows Mobile tem crescido a cada notícia nova do sistema que vemos sair nos sites mundo a fora. A justificativa é sempre a de que tudo faz parte de um planejamento maior da empresa, que no futuro tudo vai mudar.

Essas promessas de um futuro melhor não são de hoje: se pararmos para perceber, no Windows Phone 8. a promessa era de melhora para o 8.1, que cresceu com mais promessas para o Windows 10 Mobile. Se por um lado o sistema realmente amadureceu tanto visualmente quanto nas suas funções, as decisões no lançamento de cada nova versão são bem questionáveis.

A principal delas é o número enorme de aparelhos deixados sempre que uma nova grande atualização era lançada. É muito difícil de esquecer da promessa de que todos os Windows Phone 8.1 seriam atualizados para o Windows 10 Mobile sendo que no final apenas 50% deles foram, de fato, atualizados.

De lá para cá vimos um mar de decepções, principalmente para nós brasileiros. Os lançamentos de aparelhos por aqui ficaram tão escassos que nem mesmo o Lumia 950 foi lançado.

Mas o desleixo da gigante do Vale do Silício com o Windows 10 Mobile não é apenas nos lançamentos, mas também nos pronunciamentos. A empresa dificilmente responde a questionamentos feitos sobre atualizações e, quando o faz, solta pequenos textos com frases vazias sem explicar a razão de nada.

Entre todos esses fatos, o mais recente impressiona: agora, alguns usuários estão relatando, que até mesmo os aparelhos com Windows Phone 8.1 de fábrica que teriam direito a atualização do Windows 10 Mobile, não podem mais atualizar o aparelho, porque a Microsoft simplesmente resolveu tirar o Upgrade Advisor da loja. Sem comunicado oficial, sem pronunciamento, nada.

Dificilmente alguém no futuro vai confiar em uma empresa que tratou tão mal os seus usuários, que sempre tratou o seu sistema como algo que iria melhorar no futuro, mas que nunca podia fazer alguma coisa no presente.

Independente de qual seja a tática da Microsoft, qualquer tipo de volta que a empresa planeja para o seu sistema, torna seu sucesso inviável. Ao longo dos anos a empresa tratou tão mal os seus usuários, que está na hora de até mesmo o fã mais ferrenho da plataforma dizer adeus e aceitar: o Windows 10 Mobile está morto, morto pela incompetência da Microsoft, morto pela falta de empenho da empresa, morto pela própria empresa que o criou.