Limite da internet fixa afeta, principalmente, modelo de negócio do Youtube, Netflix e Spotify - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

13 de janeiro de 2017

Limite da internet fixa afeta, principalmente, modelo de negócio do Youtube, Netflix e Spotify


Para quem achava que esse era um assunto encerrado no primeiro semestre de 2016, principalmente depois da exoneração do antigo presidente da Anatel, estava muito enganado.

Ontem, dia 12, Kassab, Ministro da Tecnologia, Ciência e Inovação fez uma declaração polêmica afirmando que o limite da internet fixa deve acontecer ainda esse ano e que isso é necessário para que o pacote de dados se adeque ao usuário.

Isso, é claro, gerou uma onda de revoltas em todas as mídias sociais, e não é atoa: os brasileiros sabem como é terrível ter que calcular a quantidade de dados consumidos nos smartphones e não querem passar por isso na internet fixa, em casa.

Mas os problemas não ficam apenas para quem consome conteúdo, mas também para quem produz. Além da intensa recessão que o Brasil atravessa, as empresas teriam que arcar com mais um importante e alto custo a ser feito.


Hoje, o modelo de negócio do Youtube, além de ser democrático possibilita que qualquer um poste conteúdo. Mas, ele poderia ser gravemente afetado, já que para não ultrapassar o limite de dados muitos teriam ou que parar de produzir ou pagariam mais caro, diminuindo os investimentos na produção.

Indo para o Netflix, a consequência não seria diferente: muito provavelmente a gigante de stremming teria que anunciar um aumento na tarifa, já que seus custos aumentariam significativamente. O que também deve afetar o Spotify ou qualquer outro serviço que dependa integralmente de uma conexão com a internet fixa.

O mais impressionante é que sempre se fala nas empresas que fornecem pacotes absurdamente caros por uma qualidade péssima, mas não se fala do usuário ou da empresa que necessitam desses serviços.

Tendo isso em vista, é imprescindível que seja feito o mesmo barulho do ano passado, Petições, declarações ou qualquer outro meio de chamar a atenção são mais do que necessários. O Tecno Explore vai manter você informado e divulgar ao máximo quaisquer campanhas que sejam feitas contra essa absurda proposta.

Fonte: Poder360