Anatel desmente Kassab e prorroga consulta popular sobre o limite da internet fixa para abril. Participe! - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

13 de janeiro de 2017

Anatel desmente Kassab e prorroga consulta popular sobre o limite da internet fixa para abril. Participe!


Pouquíssimo tempo após a fala do atual Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilberto kassab, a Anatel desmentiu e reafirmou o compromisso de não modificar a medida cautelar que proíbe o limite da internet fixa em todo o território nacional.

Enfático, ele afirma que a decisão serão mantida e que dificilmente ela será modificada em um futuro próximo.

Repito o que já disse em audiência no Senado Federal: A Anatel não pretende modificar essa cautelar tão cedo
- afirmou o presidente da Anatel, Juarez Quadros

Vale lembrar que esse posicionamento é bem diferente do antigo presidente da Anatel, João Rezende, defensor ferrenho do limite e que foi exonerado do cargo no ano passado.

Outro anúncio feito, esse a alguns dias, é a extensão do prazo para a participação da consulta popular sobre o limite da banda fixa. Aberta em novembro, ela acabou sendo estendida devido à alta participação da sociedade. Em apenas um dia, 6.500 pessoas acessaram o portal e hoje o número de participações ultrapassa 13 mil.

Na plataforma "Diálogos Anatel" há 29 perguntas, que podem ser respondidas tanto por entidades quanto por consumidores brasileiros, procura saber a opinião da população detalhadamente. São oito perguntas sobre temas técnicos, 15, econômicos e concorrenciais, e seis jurídicos.

Para participar é fácil, confira os passos à seguir:

  1. Faça o cadastro na plataforma "Diálogos da Anatel"
  2. Confirme o seu cadastro no e-mail que será enviado.
  3. Acesse a página "Consultas Públicas"
  4. Clique em "Tomada de subsídios sobre franquia de dados na internet fixa"
  5. Entre na página de discussão da consulta pública e participe dos debates.
É importantíssima a sua participação nessa consulta e nos debates que a acompanham. Afinal, essa é a única forma oficial que pode influenciar, futuramente, nas decisões que a Anatel tomar sobre o polêmico limite da internet fixa.


Fontes: Telesíntese e Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor
Via: Tecmundo