LG divulga os resultados financeiros do quarto trimestre de 2016; vendas do V20 crescem aumentando receita do mobile - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

27 de janeiro de 2017

LG divulga os resultados financeiros do quarto trimestre de 2016; vendas do V20 crescem aumentando receita do mobile


A LG anunciou hoje, oficialmente, os resultados do último trimestre fiscal de 2016 e também um balanço geral do ano passado. De acordo com os números divulgados, a empresa está se saindo cada vez melhor no ramo de eletrodomésticos, setor que a empresa vem aumentando cada vez mais os seus investimentos.

No geral, 2016 teve um lucro operacional de KRW 1,34 trilhão (US$ 1,16 bilhão), um resultado 12,2% maior que o de 2015. Isoladamente, o quarto e último trimestre de 2016 teve um lucro operacional de KRW 14,78 trilhões (US$ 12,79 bilhões), resultado 11,7% superior em relação ao trimestre anterior e de 1,5% em relação ao quarto trimestre de 2015.

Apesar dos bons resultados, a LG apresentou prejuízo líquido de KRW 258,80 bilhões (US$ 223,98 milhões) no último trimestre do ano passado. Isso se deve, principalmente, ao prejuízo nas áreas de celulares e componentes veiculares que, nos últimos trimestres, já vêm relatando perdas.

Confira, em partes, o relatório completo da LG separado por área.

LG Home Appliance & Air Solution Company
Companhia responsável pelos eletrodomésticos, reportou uma receita de KRW 17,23 trilhões (US$14,92 bilhões) para o ano de 2016 e KRW 4,04 trilhões (US$3,50 bilhões) para o quarto semestre. 

Esse resultado representa um aumento de 5,6% em relação a 2015. A LG responsabiliza esse aumento às fortes vendas em sua terra natal, a Coreia do Sul e na América do Norte. O lucro operacional de 2016 foi de KRW 1,33 trilhão (US$ 1,15 bilhão), 36% maior que em 2015, superando facilmente todas as outras empresas da LG.


LG Home Entertainment Company
A empresa responsável pelo setor de TVs reportou uma receita de KRW 4,79 trilhões (US$ 4,15 bilhões) para o quarto trimestre. O aumento em relação ao trimestre anterior chegou a 15,7% e, segundo a LG, se deve às fortes vendas de TVs OLED e TVs ULTRA HD 4k na América do Norte, Europa e Ásia.

E não foi apenas isso: essa divisão da LG registrou nada mais, nada menos do que o maior lucro operacional de sua história, chegando a KRW 1,24 trilhão (US$ 1,07 bilhão). Entre todas as divisões de negócio, ela foi a que teve a maior receita chegando a KRW 17,43 trilhões (US$ 15,08 bilhões).

A LG espera que a W7, linha de TVs OLED SIGNATURE e o portfólio anunciado, ambos na CES 2017, fortaleçam ainda mais o setor.


LG Mobile Communications Company
As notícias no mobile para LG foram, de certa forma, mornas. Apesar da receita de KEW 2,90 trilhões (US$ 2,51 bilhões), resultado 15,4% superior em relação ao mesmo período do ano anterior, a empresa reportou queda no lucro.

O culpado? LG G5. Enquanto o V20 teve excelentes vendas arrancando elogios da imprensa pelo mundo e alavancando a receita, o LG G5 acabou jogando o lucro da empresa para baixo. Somando isso ao aumento do investimento em marketing, o mobile, mais uma vez, apresentou resultados ruins.


LG Vehicle Components Company
Responsável pelo lançamento de novidades no setor automotivo, essa divisão encerrou o ano com um total de KRW 2,77 trilhões em vendas, montante 51% superior ao do ano anterior. Quanto a receita, ela registrou um aumento de 66,4%, chegando a KRW 865,7 bilhões (US$ 749,2  milhões).

Esse aumento se deve, em parte, pelo crescimento nas vendas de componentes para veículos elétricos e sistemas de infoentretenimento automotivo. Apesar disso, houve uma queda nos lucros da divisão, devido a diminuição nos investimentos em P&D (pesquisa e desenvolvimento).


Sobre as taxas de câmbio do quarto trimestre de 2016
Os resultados são referentes ao período dos últimos três meses do ano. Os valores em wons (KRW são convertidos em dólares (US$) pelo câmbio médio dos três meses que compõem o trimestre correspondente. KRW 1.155,47 equivalem a US$ 1.

Perspectivas para o futuro
O lançamento do LG G6 é muito aguardado pela empresa e pela imprensa por dois motivos: o primeiro é que o aparelho pode ser o responsável por levantar de vez o mobile da empresa ou pode ser o responsável por mais um ano fiscal difícil para LG nesse setor.

Sendo assim, a empresa não pode mais apostar em tecnologias muito arriscadas, como foi o caso do G5 que foi um smartphone que tentou ser diferente, mas que acabou morrendo no meio do caminho.

Apesar disso, há de se impressionar que a LG está se destacando cada vez mais no setor automotivo e eletrodomésticos que, por incrível que pareça, são o que sustentam a empresa hoje.

Fonte das informações: LG do Brasil
Fonte das imagens: LG