Prepare-se: Microsoft revela os requisitos recomendados para usar o headset VR no Windows 10 - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

9 de dezembro de 2016

Prepare-se: Microsoft revela os requisitos recomendados para usar o headset VR no Windows 10


Anunciado em outubro desse ano, o kit headset Windows 10 VR recebeu muito destaque na apresentação feita pela Microsoft, com vocês puderam conferir na matéria completa feita pelo Tecno Explore no mesmo dia. Mas, a empresa deixou para hoje, o dia de divulgar um dos pontos mais importantes: os requisitos necessários para que ele funcione no seu PC.

Para rodá-lo, o interessado precisa ter um PC que tenha 8 GB de RAM, o que já era esperado, e que tenha uma placa de vídeo compatível com DirectX 12. Além disso, basta que ele tenha um processador Intel Mobile Core i5 para poder desfrutar de todo o conteúdo da realidade virtual no seu computador de mesa ou notebook.

Além disso, vale ressaltar que esses requisitos foram determinados pela Intel, que historicamente mantém laços estreitos com a Microsoft. Essa parceria está recebendo o nome de Project Evo.

Vamos ao que interessa! Confira os requisitos mínimos:

  • Processador: Intel Mobile Core i5 7200 Dual-Core Hyperthreading ou equivalente
  • Placa de vídeo: Intel HD Graphics 620 (GT2) integrada, modelo equivalente ou superior e que seja capaz de rodar o DirectX 12 API
  • Memória RAM: 8 GB de memória RAM Dual Channel para placas integradas
  • HDMI:  1.4 com 2880x1440 de 60 Hz ou HDMI 2.0 ou DP 1.3 superior com 2880x1440 de 90 Hz
  • Disco rígido: 100 GB ou mais de SSD (recomendado) ou HDD
  • USB: 3.0 type-A ou USB 3.1 TYPE-C Port com DisplayPort Alternative Mode
  • Bluetooft: Bluetooth 4.0 para os acessórios

É interessante observar que os requisitos mínimos exigidos não são tão elevados assim. Além disso, serão divulgadas mais informações dos dispositivos no ano que vem, conforme for se aproximando o seu lançamento. Mas, é claro que, caso o usuário queira uma experiência completa, sem travamentos ou lags, terá que desembolsar mais do que os US$399 do produto para que isso não aconteça. 

O plano da Microsoft é o de disponibilizar o Windows 10 VR em fevereiro para desenvolvedores. Mas, como questiona o The Verge, a Microsoft ainda não detalhou exatamente qual é a diferença desse kit VR para o Hololens, aposta máxima da empresa no ramo de realidade virtual. Apesar disso, sabe-se que ele terá suporte a tecnologia 360º em aplicativos e vídeos e terá o WebVR, em que o usuário poderá usar o Microsoft Edge para navegar na internet.

Fonte: The Verge
Via: Tecmundo