Apple cobra R$ 799 para resolver um problema no iPhone 6 Plus causado por ela mesma - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

18 de novembro de 2016

Apple cobra R$ 799 para resolver um problema no iPhone 6 Plus causado por ela mesma


Problemas em smartphone são normais, certo? Mas esse caso da Apple merece atenção. O iPhone 6 Plus, aparelho que conta com uma tela bem maior que a de seu irmão, o 6, sofre, segundo relatos de usuários da "doença do touch". Afinal, o que seria isso? A doença do touch, nada mais é do que uma barra cinza que surge em alguns aparelhos misteriosamente, sem motivo algum,

O nome foi dado pelo fornecedor de peças para reparo, iFixit e, segundo eles, tem um conserto relativamente simples. Basta que o iPhone 6 Plus seja aberto e que dois chips responsáveis pela sensibilidade sejam soldados. Apesar disso, a Apple não tinha o equipamento necessário, o que obrigou muitos usuários a procurarem outras assistências técnicas, mais caras, que fizessem o reparo.

Mas, agora que a empresa realiza o reparo, o usuário, mesmo assim, terá que pagar altíssimos R$ 799 (o valor é de US$ 150 nos EUA). 

Apesar dos 5 anos de garantia dados pela Apple para o conserto, é absurdo o que a empresa faz com os seus clientes. Qual é o sentido de ter que pagar para consertar um erro causado pela própria empresa responsável pelo aparelho. Claramente esse é um erro de fabricação que poderia se encaixar perfeitamente nos termos da garantia.

O que a empresa faz? Solta uma notinha, diz que vai reembolsar quem pagou mais do que R$ 799 para o reparo e dá 5 anos de garantia. Vergonhoso é pouco para essa atitude da empresa que tanto diz prezar pela qualidade dos seus produtos e pela satisfação dos seus usuários.