Galaxy J: Estaria a Samsung recuperando o espaço perdido para a Motorola? - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

27 de junho de 2016

Galaxy J: Estaria a Samsung recuperando o espaço perdido para a Motorola?


Desde o lançamento da linha Galaxy S em 2010, a Samsung se tornou uma das gigantes quando se trata de smartphones. Isso, na época, era causado, em grande parte, por causa dos preços que a coreana oferecia, muito menores do que os vistos na sua rival, Apple.

Mas, em 2013, quando o assunto era smartphones de baixo custo e médio, a Samsung viu uma grande rival voltar ao mercado: Motorola. Na época, a empresa havia anunciado o Moto G, smartphone que, além de trazer um excelente preço, aliava isso a qualidade que não era encontrada nos smartphones de médio custo da Samsung.

Isso ficou ainda mais claro quando, em 2014, a Motorola anunciou o Moto E, aparelho de baixo custo que oferecia um hardware satisfatório, na mesma faixa de preço que o famoso Galaxy Ace.

Ao menos no Brasil, ficou claro que, desde 2013 a Motorola vem roubando parte do protagonismo da Samsung. Ou seja, de 2010 até 2013 a Samsung imperava, mas, em 2013, devido a uma mudança radical promovida pela Google, a Motorola, conseguiu retomar o protagonismo que teve nos velhos tempos, ao menos no Brasil.


Mais uma virada de jogo
Como já é característico do mundo da tecnologia, estamos acompanhando mais uma mudança em um curto espaço de tempo. 

Agora nas mãos da Lenovo, a Motorola continuou lançando smartphones bons, mas trouxe algumas mudanças que deram o que falar. Primeiro tivemos o lançamento do Moto E 2015. Enquanto o modelo de 2014 foi anunciado por R$529, o modelo de 2015 saltou para R$699, um aumento considerável para um smartphone que prometia ser uma opção para o mercado de entrada.

Ao mesmo tempo em que tivemos a saída do Moto E entre as opções mais baratas, no começo desde ano tivemos o lançamento da linha J da Samsung, que, ao que parece, tem sido registradas boas vendas. Com o J1 aparecendo diversas vezes por R$450, nota-se que a Samsung parece voltar a olhar com mais atenção para um mercado de entrada, enquanto a Motorola/Lenovo tem priorizado um consumidor que pode pagar um pouco mais para ter um smartphone.

O que estamos presenciando é uma total inversão dos valores. Enquanto a Samsung tenta enxugar a sua linha de smartphones e oferecer preços mais atrativos, a Motorola faz o contrário: aumenta cada vez mais o número de aparelhos e, com isso, o preço oferecido por eles.

Ambas as empresas tem algo a favor delas. Enquanto a Samsung tem o preço, a Motorola tem a fama que ganhou com o tempo desde o primeiro Moto G em 2013 e o Moto E em 2014, resta saber quem vai se sair melhor nessa.

E você? O que acha da estratégia de mercado da Samsung? Acha que a sul-coreana está retomando o mercado de aparelhos de baixo custo? Deixe sua opinião nos comentários!

Fontes: G1, Tecnoblog1IG
Fonte das imagens: PocketNow