Bloqueio do WhatsApp por 72 horas prejudica milhões pelo erro de alguns - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

2 de maio de 2016

Bloqueio do WhatsApp por 72 horas prejudica milhões pelo erro de alguns


Segundo o The Guardian, via Folha de S. Paulo, o WhatsApp será bloqueado no Brasil por 72 horas. A decisão foi tomada dia 26 de abril pelo juiz Marcel Montalvão , da comarca de Lagarto (SE) e passa a valer a partir de hoje às 14h.

Mais um vez um serviço que é usado por dezenas de milhões de usuários no Brasil é bloqueado, mais uma vez, por causa do descumprimento do WhatsApp em liberar conversas de interesse da Justiça brasileira para que sejam feitas investigações. 

A empresa, quando ocorreu o último bloqueio no ano passado, defendeu a privacidade dos usuários e disse que não mantém as conversas nos servidores do serviço tendo apenas disponível a data do envio das mensagens. 

O que mais deixa o usuário do serviço perplexo é que,outra vez, por causa de uma investigação local, a Justiça decide bloquear o WhatsApp em todo o território nacional. Mas por que isso? Se a cada vez que for descumprida a ordem de divulgação das mensagens o serviço for bloqueado em território nacional, é melhor que o WhatsApp deixe de funcionar de vez.

Além desse absurdo, outro ponto de destaque é que, segundo o G1, a assessoria de imprensa do Juiz confirma a existência do processo, mas não poderá informar mais nenhum detalhe do processo, pois ele ocorre em segredo de justiça. A única certeza que se tem, é que o serviço foi bloqueado pelo não cumprimento na divulgação de conversas na investigação por tráfico de drogas,

Vala ressaltar que, quando uma medida como essa é tomada, a Justiça deve levar em consideração a quantidade de usuários prejudicados com a ação. São dezenas de milhares de empresas que usam hoje o WhatsApp como ferramenta de trabalho, isso sem contar com a quantidade absurda de trabalhadores usam o serviço para se comunicar com a empresa.

Não faz o menor sentido prejudicar milhões de usuários por má conduta de alguns.