Solução do governo federal para a internet fixa mais atrapalha do que resolve o problema - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

20 de abril de 2016

Solução do governo federal para a internet fixa mais atrapalha do que resolve o problema


A decisão das operadoras de limitar a internet fixa é uma novela que parece não ter fim. Depois de toda a polêmica e de ontem a OAB entrar com uma representação contra o limite, chegou a vez do governo federal se pronunciar sobre o assunto.

Para quem esperava que o governo se juntasse aos consumidores para barrar a decisão das operadoras ele fez algo pior: elaborou uma resolução pedindo para que as operadoras ofereçam planos com pacotes limitados e ilimitados aos usuários.

Isso acaba prejudicando mais ainda os consumidores já que os pacotes com internet ilimitada devem custar muito mais do que os pacotes com o limite de internet. Ou seja, muitos usuários teriam que assinar esse pacote ilimitado (que tem grandes chances de ser idêntico ao que o consumidor paga hoje) só que por um preço muito maior.

Sinceramente não sei o que o governo federal pretende com essa medida. Para os consumidores isso só pioraria tudo e as operadoras continuam se saindo bem nessa: lucrando mais do que nunca.

Aumentar a concorrência ou até mesmo obrigar para que as operadoras ofereçam planos com pacotes maiores seriam medidas muito mais cabíveis, mas parece que o governo federal não está pensando muito no lado do consumidor.

No termo de compromisso também contam, segundo a Folha, que os contratos antigos não devem ser afetados. Mas, vale ressaltar que, qualquer que seja feita a alteração no plano, principalmente se o consumidor tiver um contrato com um pacote completo (TV, telefone, internet), já altera o contrato, o que o enquadraria como novo cliente já que o contrato foi modificado.

Mas calma, não só de notícias ruins vive o brasileiro. O Senado, graças ás assinaturas online, vai discutir a questão no plenário, o que pode ajudar a criar mecanismos para barrar a medida. Vamos acompanhar.

Impressiona que o governo federal realmente ache que isso resolva alguma coisa. Os consumidores brasileiros de internet fixa continuam na mesma situação de antes: pagando e, caso esse termo de compromisso do governo seja adotado pelas operadoras, mais caro ainda por um serviço horrível. As operadoras vão continuar ganhando cada vez mais dinheiro, levando em consideração que a maioria dos usuários que hoje usa Netflix e Spotify acabaria tendo que pagar para ter esse tal pacote de internet ilimitada. 

Vergonhoso!