Como a Anatel pode acreditar que limitar a internet fixa é benéfico para o consumidor? - Tecno Explore

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Microsoft

19 de fevereiro de 2016

Como a Anatel pode acreditar que limitar a internet fixa é benéfico para o consumidor?


A redução na franquia de dados já é uma medida conhecida na internet móvel. Mas, na última semana, algumas operadoras se mostraram dispostas a levar essa medida para a internet fixa. Se já não bastasse isso, essa semana o superintendente de competição da Anatel soltou a seguinte pérola:

Não existe um único consumidor, então para quem está abaixo da média, consome menos, o limite é melhor. E pior para quem consome muito
Ora, se há um problema quanto a demanda da rede não seria melhor investir mais em infraestrutura? Ao invés de limitar a internet do usuário? Estamos em 2016. E as pessoas estão consumindo cada vez mais banda. Seja assistindo Netflix em HD, seja vendo vídeos o dia inteiro no Youtube ou até mesmo escutando músicas no Spotify, o usuário de hoje em dia vai consumir mais.

Por mais que existam muitos consumidores não usem tanta banda quanto outros, limitar o uso da internet não é, em nenhum momento, benéfico ao consumidor. Tanto, que o próprio superintendente da agencia não informou no seu pronunciamento em que parte isso seria vantajoso para nós.

Jogar a culpa nos usuários e limitar a internet é o pior que poderia ser feito. Agora, além de termos que nos preocupar se gastamos todos os 50mb de internet no celular teremos que nos preocupar se gastamos 50GB em um mês em casa? Isso é um retrocesso. E não há nada que eles possam usar como argumento que poderia justificar essa limitação.

Coitada das operadoras, não é mesmo? Lidam com usuários que consomem cada vez mais banda e tem que gastar cada vez mais com a infraestrutura. Mal é o usuário que fica assistindo séries o dia todo, apesar de pagar por uma internet cara e de má qualidade, a culpa é dele, então tem que limitar, não é mesmo, operadoras e Anatel?

Claramente está acontecendo uma inversão de papéis. E é só as operadoras e o superintendente da Anatel que não conseguem enxergar isso.

Fonte das informações: Gizmodo Brasil
Fonte da imagem: MicroMais